Metabolômica

A instalação Metabolômica permite a identificação e quantificação de metabólitos em amostras biológicas complexas por meio da espectrometria de massas acoplada à cromatografia líquida e gasosa. A metabolômica representa a composição química de uma célula e permite uma visão geral das funções celulares, já que reflete diretamente seu estado fisiológico, permitindo a caracterização e diferenciação dos organismos. A instalação atende usuários com trabalhos relacionados a bioenbergia e química verde.

Principais competências e técnicas experimentais:

  • Análises de identificação e quantificação de metabólitos primários e compostos de baixa massa molecular e baixa polaridade.
  • Identificação, determinação estrutural e quantificação de moléculas de metabólitos secundários, carboidratos, lipídeos, entre outros.

A instalação é composta de dois espectrômetros de massas acoplados à cromatografia líquida e gasosa. O GC/MS tem um analisador de massas tipo tempo de vôo (TOF), Pegasus HT, da marca LECO Corporation, e é destinado à análise de metabolitos primários. O LC/MS é composto por um analisador ion-trap linear LTQ-XL da Thermo Scientific utilizado para identificação, determinação estrutural e quantificação de moléculas de massa molecular média/baixa (metabólitos secundários, carboidratos, lipídios, entre outros).

Início de operação: em 2013 e 2015 para usuários externos.

Citação obrigatória a ser utilizada nos trabalhos de usuários

Esta pesquisa utilizou instalações do Laboratório Nacional de Biorrenováveis (LNBR), do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), uma Organização Social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). A equipe da instalação (NOME DA INSTALAÇÃO) é reconhecida pela assistência durante os experimentos (números das propostas).