Notícias

Curso para Operação de Biorreatores de Bancada

A partir de 22 de julho é possível se inscrever para a 4ª edição do Curso para Operação de Biorreatores de Bancada, promovido pelo Laboratório Nacional de Biorrenováveis (LNBR), no campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). O evento acontece nos dias 25, 26 e 27 de setembro. Voltado para profissionais e estudantes que precisam utilizar biorreatores para processos fermentativos em suas atividades, o curso é essencialmente prático, treinando os participantes desde a calibração, passando pela montagem e a operação do biorreator de bancada. São apresentados conceitos teóricos envolvendo o tipo e a classificação dos biorreatores, com ênfase em biorreatores agitados mecanicamente (Stirred Tank Reactor – STR).

Acesse o site do Curso para mais informações: https://pages.cnpem.br/biorreatores/.

DATAS IMPORTANTES

Período de inscrições 22/ julho a 02/agosto
Divulgação dos selecionados (via e-mail e no site do Curso) 07/agosto
Realização do Curso 25, 26 e 27/setembro

Com 10 vagas disponíveis, a seleção dos participantes será feita pelo Comitê Organizador com base na formação e área de estudo do candidato, considerando que o este deve estar cursando ao menos o último ano de graduação e deve ter experiência prévia em laboratório. Caso se inscrevam dois ou mais profissionais provenientes do mesmo departamento e mesma instituição, apenas uma das inscrições será aceita, e a preferência será dada pela ordem de inscrição. A distribuição geográfica dos inscritos também é um fator a ser considerado na seleção, a fim de capacitar grupos de diferentes regiões do País.

Sobre o LNBR

O Laboratório Nacional de Biorrenováveis (LNBR) integra o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social qualificada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTIC). O LNBR emprega a biomassa e a biodiversidade brasileiras para resolver desafios relevantes para o País por meio de soluções biotecnológicas que promovam o desenvolvimento sustentável de biocombustíveis avançados, bioquímicos e biomateriais. O Laboratório possui diversas Instalações Abertas a Usuários, incluindo a Planta Piloto para Desenvolvimento de Processos, estrutura singular no país para escalonamento de tecnologias.